MENU

Fuja do relativismo

Tanto faz! Essa é uma das expressões mais usadas pelos jovens em nossos tempos. É uma espécie de válvula de escape para a pressão que o mundo nos faz, mas também um caminho que leva a diversos problemas sociais, psicológicos e espirituais.  Mesmo assim é algo muito comum e está relacionado a vários fatores e faculdades. Tudo se torna relativo quando as coisas perdem sentido. Quando não se sabe o “por quê” de estudar, não se tem para quê estudar, fazer isso se torna sem sentido, ou as vezes o sentido se encerra nessa vida. Por exemplo, antigamente as pessoas estudavam para alcançar sabedoria, sendo que tal coisa não é material e nem traz benefícios visíveis e corruptíveis. Hoje a maioria das pessoas estudam para ter um diploma, algo visível, ou uma profissão que seja notável na sociedade, ou apenas para ganhar dinheiro. Estudamos para conquistar coisas que se encerram nessa vida, e não para conquistar o eterno. Este é apenas um exemplo. O relativismo nos apresenta um mundo sem verdades absolutas, no qual o individuo pode ser o que quiser, mesmo que o seu corpo ou mente  não estejam preparados para aquilo. Portanto Cristo que é a verdade, o […]
Read More ›

Oração, a base para uma boa relação

Como vimos no texto anterior, é importante que haja oração entre o casal antes mesmo que eles namorem, quando são apenas amigos, e de forma desinteressada. Partilhamos um pouco da nossa experiencia também no último texto sobre namoro. Experiência de uma época em que víamos um no outro nada mais que um bom amigo. Na amizade, e pela oração crescemos no conhecimento um do outro, assim nos apaixonamos e decidimos iniciar um caminho de namoro. O homem tem um atração natural por Deus em seu coração, pois nele há um vazio que só o Altíssimo pode preencher, e a comunicação entre o homem e o divino acontece por meio da oração. Enquanto cristãos devemos rezar sempre, como nos ensinou São Paulo Apóstolo na carta aos Tessalonicenses (5, 17-18) devemos rezar sem cessar e em tudo dar graças a Deus. A meta de um casal que busca um namoro santo precisa ser o céu, e o céu só é alcançado através da comunicação direta com Deus: a oração incessante. Pensando nisso elencamos alguns pontos que julgamos importantes na vida de oração de um casal. Oração Pessoal “Rezai, para que Deus lhe surpreenda.” (S. Padre Pio), como vimos acima o homem tem […]
Read More ›

É de uma boa amizade que nasce um bom namoro

Uma grande dúvida que a maioria dos jovens católicos solteiros têm é como escolher alguém para namorar. E realmente é muito difícil fazer tal escolha. Mas há algumas coisas que podem nos ajudar nisso, uma delas é, ou são, as amizades. É importante ter boas amizades, estar em um círculo de amigos que pensam e buscam o mesmo que você. Por exemplo, se você é cristão e quer um namoro santo deve estar em meio a pessoas que queiram viver um relacionamento cristão – isso não quer dizer que você não possa ter amigos que tem pensamentos diferentes dos seus em relação ao namoro, mas que o seu(sua) futuro(a) namorado(a) deve estar em meio aqueles que tem valores cristãos. Não adianta se iludir achando que você pode moldar as pessoas e que pode ser fácil viver um relacionamento com alguém que não tenha os mesmos princípios que você. Partilha e oração A amizade é uma espécie de pré-namoro, onde nela você já consegue enxergar os valores do outro e já em um primeiro momento discernir se vale a pena namorar aquela pessoa. É por isso que a amizade é um fator tão importante, pois “é de uma boa amizade que […]
Read More ›

Da solidão ao autoconhecimento

No nosso ultimo texto falamos sobre a seriedade do namoro, e de como devemos tratar tal assunto. Hoje iremos falar de alguns aspectos da vida de solteiro que nos ajudam a viver bons relacionamentos e a construir relações duradouras. Muitos não dão valor ao tempo em que estão solteiros e buscam desesperadamente entrar em um relacionamento, já outros acreditam que nasceram para ser solteiros e por isso fogem de relacionamentos. É necessário entender que para tudo há um tempo de baixo do céu (Ecle. 3, 1), e este tempo de solteiro, assim como todos os outros, precisa ser bem vivido. Autoconhecimento Para a boa vivência desse tempo separamos alguns aspectos que julgamos importantes, um deles é o autoconhecimento. Buscar o autoconhecimento quando se está solteiro é tão importante quanto o conhecimento do outro quando se deseja iniciar um relacionamento. Este é o tempo de preparação para receber a pessoa que Deus tem pra você, é tempo de conhecimento interior, daquilo que você realmente é, de amar-se (pois só se percebe amado e sabe amar o outro aquele que se ama primeiro), é também tempo de perceber o que precisa ser melhorado, tempo de aproximação com Deus e de vivência de […]
Read More ›

Namoro, dando o devido valor

Hoje em dia cada vez mais a sociedade trata o namoro como um meio de diversão, onde não é necessário o compromisso sério com o outro (o que chega a ser contraditório) por achar que se deve sair por aí conhecendo várias pessoas até se identificar com alguma. Mas como se identificar com alguém, se não há tempo para enxergar o outro como ele realmente é? Se ficarmos apenas na superficialidade e no primeiro obstáculo pulamos para outra relação. Namoro é coisa séria e uma etapa importante para um relacionamento feliz e que dure, é esta etapa o alicerce para um casamento sólido. E não há como conhecer o outro sem gastar tempo, sem renúncia, paciência e espera, isso não vem do dia para a noite. Então quando decidir que é tempo de namorar, viva esse tempo conheça e deixe-se conhecer, largue a desculpa do descompromisso por medo de não dar certo, pois como diz Prof. Felipe Aquino: “o namoro é o melhor momento para um divórcio”, e se ficarmos nos travando de compromisso, nunca conseguiremos decidir de verdade pelo outro. Em um caminho de namoro é preciso ter a certeza que o outro escolheu por você, que ele(a) está tão disposto […]
Read More ›

Primeiro sobre namoro

Deus é amor, e é relacional, o amor entre o Pai e o Filho gera para o mundo o Espírito Santo, nós somos imagem e semelhança de Deus, portanto somos também seres relacionais. Entretanto, infelizmente, vivemos em um mundo onde as pessoas tem suas relações cada vez mais feridas, seja qual for o nível de relação: paterna, materna, amigos, namorados, esposos, irmãos, etc. É importante saber antes de tudo que nós só podemos amar outras pessoas quando nos amamos primeiro, e aqui não me refiro ao narcisismo, ou qualquer outra forma egoísta de se viver, mas a nos amar e aceitarmos assim como somos, assim como Deus nos fez. Devemos conhecer a nós mesmos para que assim nos amar, por isso o autoconhecimento é muitíssimo importante em qualquer relação. Você não pode dar o que não tem a outra pessoa, e muitas vezes não temos nem a nós mesmos, pois nos perdemos em vaidades, rancores e revoltas sem causa, passamos a odiar a quem nos ama, e chegamos ao ponto de odiarmos a nós mesmos, desejando nunca ter nascido ou coisa do tipo. Isto acontece normalmente na adolescência, onde os hormônios e as paixões estão à flor da pele. Por isso, […]
Read More ›