MENU

Invencível – um exemplo de conversão e superação

Bom, não sou um grande leitor, mas nos últimos anos tenho dedicado uma porcentagem de meu tempo a este exercício tão magnífico, que me leva a lugares, tempos, mundos e vidas distintas, e me apresenta coisas que jamais conheceria se não pela leitura. Desde 2014 concentro meus estudos nos conflitos do século XX, especialmente na Segunda Guerra Mundial, acredito que o entendimento de eventos históricos como este pode nos ajudar a entender o mundo hoje e tentar melhora-lo. E acredito também que para entender tamanho acontecimento é preciso, além de saber dos fatos que acarretaram no fim, conhecer os relatos de pessoas que viveram nessa época, que sofreram com tal flagelo, que viram amigos e familiares sucumbirem de diversas formas, e que acompanharam a série de eventos políticos, militares e populares. Com esse fim busco por filmes, documentários, livros, artigos e outras leituras ou meios. Vi um filme chamado Invencível (original: Unbroken), um belíssimo filme dirigido por Angelina Jolie, que falava da história de um atleta olímpico que foi pra guerra e sofreu horrores como prisioneiro. Gostei do filme, achei a história incrível e então soube que era inspirado em um livro e me decidi em lê-lo. Então li. Invencível, a história […]
Read More ›

A solidão original – Teologia do Corpo

São João Paulo II produziu um série de 129 catequeses entre 1979 e 1984, ensinando alguns aspectos da doutrina católica direcionando geralmente para a capacidade humana de se relacionar e o uso do corpo. Tais catequeses são de grande importância para toda a Igreja hoje, assim como foram na época de sua publicação, principalmente por se tratar de temas como: a relação do homem e da mulher, o significado esponsal do corpo humano, a natureza e missão da família, o matrimônio, o celibato, a luta espiritual do coração do homem, a linguagem profética do corpo humano, o amor conjugal, entre outros. Em um desses ensinamentos São JP2 tratou de um tema interessantíssimo, e importante para que possamos compreender melhor o sentido do nosso corpo e nossa capacidade de relacionamento. O tema é a Solidão Original, o qual trataremos agora: Sabemos que, segundo o Gênesis, no princípio Deus criou primeiro o homem (macho) e o colocou em um jardim, no entanto o Senhor percebeu que não era bom que o homem estivesse só. Mas não só o homem enquanto macho, mas enquanto ser. O homem por sua vez também percebeu que estava só e pediu a Deus uma companhia. Aí está […]
Read More ›

Sobre os recentes ultrajes ao cristianismo

Bom, nos últimos dias vimos uma cena que não agradou a maioria dos cristãos, e também a maioria das pessoas de bem não cristãs. Na parada gay em São Paulo uma pessoa se fantasiou, talvez de Cristo crucificado, ou de qualquer outra coisa. Considero um ultraje comparar tal figura ao Filho de Deus, por isso evito tal comparação. De qualquer forma o ato foi de deboche, direcionado à maioria dos brasileiros: que é formada de cristãos. O cristão aprendeu com o próprio Cristo a, ao levar um bofetada, virar o outro lado do rosto, um ato nobre -ninguém liga para a nobreza dos atos hoje em dia- e que requer muita coragem. Mas também aprendemos que até mesmo a misericórdia tem seus limites, que humildade com subserviência é escravidão e não provém de Deus. O papa Bento XVI disse certa vez que o martírio dos dias atuais é o da ridicularização. E os que creem são cada vez mais ridicularizados por diversos grupos e denominações em todo o mundo. Vivemos um tempo de luta, mas uma luta em que só um lado parece lutar. Os cristãos não querem assumir a briga, parecem fugir do combate, se tornando assim apóstatas, negando […]
Read More ›

Atraídos pelo Bom Pastor

Gosto muito da parábola da Ovelha Perdida, que se encontra no Evangelho segundo São Lucas, capítulo 15, versículos de 1 a 7. Para mim é uma das mais belas manifestações do amor de Deus para conosco, representada de forma simples e fácil de ser entendida pela maioria das pessoas. O que me chama atenção é o fato de os pecadores terem se aproximado de Jesus, pois para mim esta é a mais perfeita imagem do bom pastor: aquele que atrai a si suas ovelhas. Cristo, recebe os pecadores, recebeu naquele dia e lugar, e recebe hoje nos altares das Igrejas do mundo inteiro, onde é celebrado e adorado na Santa Eucaristia. O primeiro versículo nos convida a aproximar-nos de Jesus para ouvi-lo. Em tempos como os que vivemos, a escuta de Deus é de extrema importância, pois só Ele tem palavras de vida eterna. O mundo grita de forma desesperada para calar os cristãos. O homem moderno, que pensa não precisar de Deus, acaba assumindo o papel dos fariseus e escribas do segundo versículo, que ao invés de irem até Jesus para ouvi-lo, murmuram e de certa forma olham com condenação para o fato de Jesus estar com pecadores. Logo […]
Read More ›

YOUCAT – As Sagradas Escrituras, a carta do amor de Deus para nós

Para melhor entender este texto leia no YOUCAT, da pergunta 14 a 19; se possível o documento Dei Verbum do Concílio Vaticano II, especificamente o parágrafo 11; e o Catecismo da Igreja Católica nos parágrafos de 101 a 141 . Sabemos que a Sagrada Escritura é o maior documento e prova da revelação divina para nós cristãos, pois nela estão escritas as leis, ensinamentos, exortações, os milagres e prodígios do Senhor e muitas outras coisas que são para nós um alimento de fé. “Os livros da Escritura ensinam com certeza, fielmente e sem erro, a verdade que Deus, para nossa salvação, quis que fosse consignada nas sagradas Letras. Por isso, ‘toda a Escritura é divinamente inspirada e útil para ensinar, para corrigir, para instruir na justiça: para que o homem de Deus seja perfeito, experimentado em todas as obras boas.’ ( Tim. 3, 7-17).”(Dei Verbum, 11). A Bíblia não caiu pronta do céu, nem Deus a ditou a escritores inconscientes, mas “para escrever os livros sagrados, Deus escolheu e serviu-se de homens na posse das suas faculdades e capacidades, para que, agindo Ele neles e por eles, pusesse por escrito, como verdadeiro autor, tudo aquilo e só aquilo que Ele […]
Read More ›

YOUCAT – Jesus é a revelação que devemos transmitir

Para acompanhar e entender melhor o texto leia as perguntas de 10 a 13 do YOUCAT. Deus se revela de forma concreta em Cristo, e é esta também sua derradeira revelação antes da gloriosa manifestação de Nosso Senhor. Revelação esta que está terminada, mas não explicada totalmente, por isso cabe à fé cristã compilar esta mensagem ao decorrer dos séculos. Ao passar dos tempos houveram outras revelações, que são denominadas de “revelações privadas” que têm a  função de ajudar os cristãos a viver a revelação do Cristo sem querer “melhora-la” ou “completa-la”, pois Deus se revelou em Jesus de forma suficiente e Ele não faz nada pela metade. Guiada pelo Espírito Santo a Santa Mãe Igreja soube durante todos estes 2 milênios e saberá discernir se tais revelações provém do próprio Cristo, de seus anjos ou de seus santos. A transmissão da fé O Cristo que a nós se revelou também a nós envia dizendo: “Ide, fazei discípulos de todas as nações!” (Mt 28,19), portanto “Todos os fieis participam da compreensão e da transmissão da verdade revelada. Receberam a unção do Espirito Santo, que os instrui e os conduz a verdade em sua totalidade.” (CIC 91). É importante que saibamos […]
Read More ›

YOUCAT – Deus Se revelou como gosta de ser conhecido

“Em Jesus Cristo, Deus mostra-nos toda a profundidade do Seu misericordioso amor. (YOUCAT, 9).”   Vimos no texto passado (Clique aqui e acesse o texto) que o homem pode descobrir a Deus pela própria razão, mas que é uma tarefa um tanto quanto difícil para a sabedoria humana, que também não pode saber como Ele é realmente, por tanto Deus revelou-se da forma que gosta de ser conhecido. Desde a antiga aliança o Senhor se revela à humanidade, passando pelos patriarcas e pelos profetas até Sua revelação definitiva no Seu filho Jesus. “A revelação significa que Deus Se abre, Se mostra ao mundo por livre vontade.” (YOUCAT, pág 17). O Concílio Vaticano II diz o seguinte: “Aprouve a Deus, na sua bondade e sabedoria, revelar-Se a Si mesmo e dar a conhecer o mistério da sua vontade (cfr. Ef. 1,9), segundo o qual os homens, por meio de Cristo, Verbo encarnado, têm acesso ao Pai no Espírito Santo e se tornam participantes da natureza divina (cfr. Ef. 2,18; 2 Ped. 1,4). Em virtude desta revelação, Deus invisível (cfr. Col. 1,15; 1 Tim. 1,17), na riqueza do seu amor fala aos homens como amigos (cfr. Ex. 33, 11; Jo. 15,1415) e […]
Read More ›

YOUCAT – Nós seres humanos, somos abertos a Deus

Bom, sabemos que nascemos de nossos pais, entretanto nós viemos de mais longe que isso, nós viemos de Deus, de onde provém tudo o que é bom, e por Ele somos esperados na Sua morada eterna. Vivemos neste mundo, mas nosso habitat natural é o céu e para que possamos encontrar nosso caminho de volta para casa Deus nos enviou Seu amado filho que nos libertou do pecado e nos mostrou o verdadeiro caminho, pois Ele é “o caminho, a verdade e a vida.(Jo 14,6)”. Deus nos criou por livre e desinteressado amor (CIC 1-3), pois o amor se excedeu em Seu coração e Ele nos criou a partir desse “excesso” e para compartilhar a sua infinita alegria conosco, assim sabemos que “Deus é amor”(1Jo 4,16b) e que somos sua imagem e semelhança (Conf. Gen 1,26), então somos criaturas de amor! No nosso coração existe um desejo incessante de procurar e encontrar a Deus, pois Ele nos criou para que estejamos n’Ele, a esse desejo é dado o nome de Religião, que se entende como uma relação para com o Divino. A busca de Deus é natural na pessoa humana, pois cada um de nós seres humanos tem dentro de […]
Read More ›

Intimidade com Deus

A palavra intimidade vem do latim “intimus” , um super-relativo de “in“, que quer dizer “em” ou “dentro”. Mas seu sentido prático nem sempre é fácil de expressar, pois seus significados variam de relacionamento para relacionamento. Ela está ligada aos sentimentos, emoções e ao afeto do ser humano. A intimidade tem três dimensões: A dimensão pessoal, que se refere ao ser humano como um ser individual, abrangendo suas história e vivências, sua comunicação e seu estado de humor. É individual por que Deus nos criou de forma única, não somos fabricados em série e de forma genérica, mas fomos pensados e planejados uma única vez, cada um de forma total e individual; A dimensão relacional, que está relacionada a todas as relações humanas interpessoais, tudo aquilo que é contato, onde são utilizados os sentidos do nosso corpo; A dimensão universal, que está relacionada aos contextos espacial, temporal e histórico e, por isso não é fixa, mas muito variável, pois as pessoas não estão sempre no mesmo lugar, seja cidade, estado ou país; o tempo passa, não para um só instante, e a história muda a cada passo dado e escolha feita, seja pessoalmente ou universalmente. Ter intimidade com uma pessoa […]
Read More ›

É preciso ser aquilo que falta

Deus criou cada coisa por um motivo e para uma finalidade, não há nada na natureza que alguém possa dizer que não serve para nada, nem mesmo a coisa ou criatura mais insignificante. O Senhor é perfeito nos seus desígnios, planos e obras, Ele não faria algo que não tivesse serventia, seria como se um carpinteiro construísse uma cadeira de uma perna só, ela não iria se equilibrar. Também assim Deus fez, cada coisa no seu devido lugar de forma equilibrada. Conosco, seres humanos, não é diferente, somos criados por um propósito, cada um de forma pessoal e única. Veja que tudo no nosso corpo tem uma função, mesmo que nós não saibamos qual é, assim também nós, membros do Corpo de Cristo, temos uma função especifica, mesmo que não saibamos qual é. Resta-nos descobrir o nosso lugar e nos encaixar conforme os planos de Deus. Devemos nos descobrir na vida de oração e na vivencia dos sacramentos, pois quando estamos perto de Deus nosso coração e o d’Ele se tornam um só, então nossa vontade e a d’Ele também se tornam uma só, e é descobrindo a Deus que descobrimos a nós mesmos. A vida de cristão autentico nos […]
Read More ›