MENU

Node.js – Iniciando – Criando sua primeira aplicação

Olá pessoal, hoje vamos falar sobre Node.js. Você com certeza já deve ter ouvido falar ou lido em algum lugar sobre esta tecnologia, mas afinal de contas o que é Node.js?

O que é Node.js?

É uma plataforma construída sobre o motor JavaScript do Google Chrome para a construção de aplicações de rede rápidas e escaláveis. Nela é usado um modelo de I/O direcionada a eventos não bloqueante, o que a torna leve e eficiente, sendo assim ideal para aplicações em tempo real e distribuídas.

Qual problema o Node soluciona?

O objetivo número um estabelecido pelo Node é “fornecer uma maneira fácil para construir programas de rede escaláveis”.
Nas linguagens atuais mais usadas, como Java e PHP, cada conexão cria uma nova thread que potencialmente tem 2 MB de memória anexado. Isso limita o número máximo teórico de conexões concorrentes para cerca de 4 mil usuários em um sistema que tenha 8 GB de memória RAM. E se o número de usuários aumentar é necessário que haja Hardware mais potente.
A grande questão é a velocidade nas conexões e no tráfego. Node resolve isso trocando a maneira de como a conexão é tratada no servidor. A cada conexão, ao invés de se criar uma nova thread, é disparado um evento executado dentro da engine de processos do Node. O que leva Node a afirmar que nunca vai dar deadlock, já que não há bloqueios permitidos. E também a alegar que pode suportar dezenas de milhares de conexões simultâneas.

Instalando o Node.js

Agora que já sabemos do que se trata partamos para a prática.

O V8 JavaScript Engine, o interpretador JavaScript do Node, é totalmente multi-plataforma, o que facilita a instalação.

Para Iniciar acesse a página oficial do Node.js , clique em Install e siga as instruções.

Caso você esteja usando Windows, sugiro que procure um emulador de consoles como o CMDER, ou outro de sua preferência, para executar comandos semelhantes ao shell do linux.

Abra o terminal e dê o seguinte comando para certificar de que a instalação ocorreu com sucesso:

$ node -v
> v0.13.0

 

Primeira aplicação ‘Olá Mundo!’

Crie uma pasta para seu projeto, em um lugar de sua escolha, e dentro dela crie um arquivo chamado olamundo.js, e dentro dele digite o seguinte código:

1
2
3
4
5
6
7
var http = require('http');
http.createServer(function(req,res) {
  res.writeHead(200, { 'Content-Type': 'text/plain; charset=utf-8' }); 
  res.write('Olá mundo!');
  res.edn();
}).listen(3000);
console.log('Servidor iniciado!');

 
Para executar o programa volte ao terminal, acesse a pasta do seu projeto

cd pasta/projeto

e execute o seguinte comando:

$ node olamundo.js
> Servidor iniciado!

Para visualizar seu programa vá ao seu navegador e acesse localhost:3000

Explicando o arquivo olamundo.js

Linha 1: Requisitando a biblioteca http que é nativa no Node;
Linha 2: Criando o Server, com os parâmetros request (req) para requisições, e response (res) para respostas;
Linha 3: Escrevendo o cabeçalho da página, informando que ela é do tipo texto plano, você pode usar também ‘text/html’ para dizer que se trata de texto HTML;
Linha 4: Escrevendo na tela;
Linha 5: Finalizando o response;
Linha 6: Informando porta da aplicação;
Linha 7: Informando que o servidor foi iniciado


É isso ai pessoal, por enquanto é só. Em breve voltarei com mais dicas sobre node.js

COMMENTS: 2

Leave a Comment!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *