MENU

YOUCAT – Introdução, um pouco da história do YOUCAT

Nos anos 80 o então cardeal Joseph Ratzinger, junto com outros bispos de todo o mundo, escreveu um livro que, a pedido do bem aventurado papa João Paulo II, devia explicar a fé católica de uma maneira compreensiva à sociedade moderna. Pois “após o Concílio Vaticano II (1962-1965) e numa situação cultural alterada, muitos já não sabiam ao certo em que os cristãos realmente acreditavam, o que a Igreja ensinava e se ela, no fundo, podia ensinar algo, e como tudo isto se inseria numa cultura alterada pelas bases”(Papa Bento XIV na carta aos jovens, YOUCAT, pág 7). Este livro se chama Catecismo da Igreja Católica, ele mostra aquilo que a Igreja crê, como ela crê e como celebra tais crenças, foi escrito pensando nas diversas culturas existentes no mundo onde a igreja está inserida e sabendo que a cada uma deve se falar de maneira diferente e especial, mas sem perder a essência cristã.

A Igreja jovem

A partir de um certo ponto a Igreja começou a perceber que a faixa etária de fiéis aos poucos mudava, e que o mundo católico apesar da evasão, estava se tornando cada vez mais jovem, pois as jornadas mundiais reuniam multidões de jovens  de toda parte a cada edição, unidos por um único propósito: Cristo. Então nesse contexto surgiu um novo pensamento inspirado pelo Espírito Santo, e pela a orientação do experiente arcebispo de Viena, Cristoph Schonborn, foi onde nasceu o YOUCAT, cujo nome é uma abreviação para Youth Catechism, do inglês, Catecismo Jovem. O livro foi lançado pelo atual papa emérito Bento XVI no ano de 2011 e hoje já é lido e estudado por jovens do mundo inteiro, assim se cumprindo a vontade do na época Papa Bento XVI, que desejava de coração que nós estudássemos o catecismo, então unamos o desejo do nosso coração ao o do coração da Igreja e façamos do YOUCAT o nosso livro preferido, carregando-o para todos os lados e criando grupos de estudos e partilha a respeito desse livro tão maravilhoso.
Portanto, faremos aqui uma série de textos tratando de assuntos abordados pelo YOUCAT e usá-lo sobretudo para entender nossa fé e os mistérios que celebramos de forma que todos possamos entender, seguindo o desejo da Igreja: “Peço-vos, portanto: estudai o CATECISMO com paixão e perseverança! Formai grupos de estudo e redes sociais partilhem-no entre vós na Internet! Permanecei deste modo num diálogo sobre a vossa fé” (Bento XVI).

Leave a Comment!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *